Prorrogação de entrega da proficiência para a matrícula de novos alunos

08/01/2020 11:05

O Programa de Pós-graduação em Literatura informa que, excepcionalmente, prorrogará a entrega dos comprovantes dos exames de proficiência até o dia 31 de março para as matrículas de ingressos para o ano letivo de 2020.

Conforme consta nos editais de seleção de novxs estudantes – e em obediência ao regimento interno do PPGLit – é obrigatória a entrega do comprovante do exame de proficiência no ato da matrícula. No entanto, em função do resultado do edital de vagas remanescentes ter sido publicado apenas em 11 de dezembro, xs selecionadxs não conseguiriam mais inscrever-se para a última data de exame de proficiência oferecido pelo DLLE – Departamento de Línguas Estrangeiras da UFSC (http://www.proficienciadlle.com/novo/).

Visto que o calendário de matrículas do programa para o semestre 2020-1 vai de 28 de janeiro a 6 de fevereiro, entendemos que não haveria prazo hábil e justo para que xs candidates pudessem realizar o exame.

Segundo informações consultadas na secretaria do DLLE, a aplicação de novas provas de proficiência está prevista para a partir de segunda quinzena de fevereiro. Os exames acontecem sempre às sextas-feiras, mas não há nenhuma certeza na programação se o teste poderá ser aplicado no dia 21 de fevereiro, sexta-feira de carnaval, ou mesmo na última data do mês, 28 de fevereiro.

Sendo assim, a coordenação decidiu por flexibilizar excepcionalmente uma regra regimental para que possa assegurar a todes o direito de realização do exame de proficiência na própria UFSC. Por isso, xs ingressantes do edital nº 2 e do edital nº 3 – vagas remanescentes poderão entregar o comprovante do teste de proficiência até a data-limite de 31 de março.

Revista Landa 2019/2

16/12/2019 09:47
A Revista Landa, do Núcleo Onetti de Estudos Literários Latino-Americanos da UFSC– já está no ar: http://www.revistalanda.ufsc.br/

Neste Número [Vol. 8 n°1 (2019)], Landa apresenta a chamada pública “Ficções: modos de ler”, com artigos em que se debatem modos e aparatos de leitura que, em uma contemporaneidade de urgência, trabalham pela sobrevivência, e não exclusivamente em nome do “progresso”. À procura dessas vias alternativas Selomar Borges, Fabrícia Aparecida Lopes de Oliveira Rocha, Wagner Corsino Enedino, Gabriel Cordeiro dos Santos Lima, Hermes da Fonseca, Claudiana Soerensen, Márcia Mucha, Martin de Mauro Rucovsky, Moysés Pinto Neto e Raquel de Azevedo abordam outros modos de compreensão da ficção, principalmente aqueles nos quais os gestos, os afetos, as corporalidades, os vestígios e as ruínas, permitem a com-sideração de nossa singularidade.

Também nesta edição apresentamos o dossiê “Visões Contemporâneas. Notas sobre a literatura argentina”, organizado pela pesquisadora argentina Adriana Mancini, e com artigos de Miriam Chiani, Susanna Regazzoni, Gabriele Bizzarri, Sandra Lorenzano, Maximiliano Linares, Jimena Néspolo e Maximiliano Crespi. O dossiê problematiza o conceito de contemporaneidade –tão  invisível em sua profunda escuridão como cegante pela sua claridade–, e nos propõe uma ampla e instigante reflexão sobre a literatura argentina em uma circunstância de diversificação de parâmetros, protocolos e pressupostos.

Nosso suplemento artístico “Vária invenção”, criado como uma janela aberta ao presente, desta vez incorpora imagens da escultura em mármore, madeira, metal e sobre livros do escultor argentino Pablo Dompé, que também nos concedeu uma entrevista.

A seção “Olhares”, traz neste número uma engenhosa intervenção de César Aira em Salvador Dalí, uma entrevista com o escritor uruguaio Carlos Liscano e três artigos de reflexão teórica e crítica, de autoria de Paula La Rocca, Valdir Olivo, Franca Maccioni, Gabriela Milone e Silvana Santucci.

Boas leituras!
Atenciosamente,
A equipe editorial.

UFSC informa sobre o recesso de final de ano

12/12/2019 09:33

O recesso para comemoração das festas de final de ano (Natal e Ano-Novo) compreenderá os períodos de 23 a 27 de dezembro e de 30 de dezembro de 2019 a 3 de janeiro de 2020. Os servidores da UFSC devem se revezar nesses dois períodos comemorativos estabelecidos, preservando os serviços essenciais. Mais informações.