Encontro com Valerio Magrelli

23/10/2019 15:39

 


Valerio Magrelli é uma das grandes referências da literatura italiana hoje. Seus livros já foram traduzidos para várias línguas e, agora, tem sua primeira tradução para o português com a antologia 66 poemas (Rafael Copetti Editor).

Valerio Magrelli nasceu em Roma e tem 40 anos de uma carreira de grande repercussão entre o público em geral e a crítica mais especializada. Poeta, tradutor e professor de literatura francesa na Università di Roma Tre, Magrelli é da mesma geração de outro poeta que vem ganhando espaço em nosso mercado editorial, Enrico Testa, também editado pela Rafael Copetti Editor.

Sua escrita poética tece relações com outros saberes, como a filosofia e a ciência; precisão e paciência caminham juntas em sua escrita. Como ele mesmo já afirmou, há um prazer pelo jogo com os instrumentos da poesia e do poético, que vai sendo tensionado em várias dimensões e direções. Jogar com os versos e jogar em versos toca tons civis, morais, políticos, delineando paisagens naturais, topografias e paisagens tecnológicas.

Aspectos da vida cotidiana fazem parte e são um traço de sua escrita. O banheiro, a cozinha, o cinema, o hospital são todos espaços percorridos por Valerio Magrelli, que ainda trata do ataque às torres gêmeas de 11 de setembro, da atual problemática da imigração.

66 poemas traz poemas de 1980 até 2018. Uma das seções é Legendas para a leitura de um jornal que confirma essa linguagem mais imediata, trabalha com os textos dos anúncios de jornais, que também servem para refletir sobre alguns aspectos da sociedade:

“Aluga-se sobrado próximo da via férrea

com edícula ao lado

do ponto final do ônibus

e sala de visita na divisa com o metrô.

Pobres casas habitadas pelo barulho

onde famílias pequenas e isoladas

se apertam — passarinhos nos cabos

da alta tensão. A alta tensão

do censo

e das classes, a alta

tensão do dinheiro […]”

Telefone: (48) 3664-2683

O pensamento por vir: Benjamin e o Brasil

23/10/2019 08:39

 

O evento “O pensamento por vir: Benjamin e o Brasil. Literatura, psicanálise e artes” será realizado nos dias 29 e 30 de outubro de 2019.

As propostas de comunicação devem ser enviadas para o e-mail experienciaepobreza@gmail.com contendo nome do(s) proponente(s), vínculo institucional, título, resumo (de até 200 palavras) e 3 a 5 palavras-chave até o dia 15 de outubro de 2019.

Seminário Fazendo Gênero 12

22/10/2019 10:48

Nos dias 26 a 31 de julho de 2020 acontecerá na UFSC o Seminário Internacional Fazendo Gênero 12, um dos maiores eventos da área de estudos de gênero no país.
Para a próxima edição foram propostos 190 Simpósios interdisciplinares em 20 eixos temáticos.
Mestrandas, mestrandos, doutorandas, doutorandos, professoras, professores podem se inscrever com apresentação de trabalho.

As inscrições encerram em 29 de outubro.

Confiram no site do evento, na aba lateral esquerda, a listagem dos simpósios aprovados:

http://fazendogenero.ufsc.br/12/

 

Há 02 simpósios propostos por docentes da Pós-graduação em Literatura:

ST 042: Dos diálogos (im)possíveis: a literatura dentro/fora dos eixos

Coordenadoras/es: Tânia Regina Oliveira Ramos (UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina), Risolete Hellmann (IFSC – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina)

 

ST 134: Mulheres e escritas de resistência em contexto de violência

Coordenadoras/es: Roselete Fagundes de Aviz (UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina), Simone Pereira Schmidt (UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina), Catarina Martins (universidade de Coimbra)

 

Edital de bolsas remanescentes | Mestrado e Doutorado

21/10/2019 16:00

O presente edital torna pública a abertura de inscrições para o processo seletivo de concessão de bolsas remanescentes de pós-graduação, financiadas pela Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) através do Programa de Pós-Graduação em Literatura da Universidade Federal de Santa Catarina. Serão concedidas 2 bolsas de apoio financeiro, sendo 1 de mestrado e 1 de doutorado.

Confiram o edital em Bolsas de fomento > Processos Seletivos > Processo de seleção 2019b [NOVO].

 

Discente do PPGLit é finalista no Prêmio São Paulo de Literatura

18/10/2019 15:27

A doutoranda do Programa de Pós-graduação em Literatura, Daniela Stoll, é uma das finalistas na categoria romance de estreia do Prêmio São Paulo de Literatura 2019 com o livro “Do lado de dentro do mar” (Patuá, 2018). Desejamos que a premiação final seja para a autora.

Daniela Stoll é de Florianópolis e gosta de escrever histórias desde criança. Mestra em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina, iniciou os estudos no Doutorado, em 2018, no mesmo programa. É integrante do Núcleo Literatual (Núcleo de Literatura Brasileira Atual – Estudos Feministas e Pós-Coloniais de Narrativas da Contemporaneidade), também na UFSC. Graduada em Arquitetura e Urbanismo, interessa-se pelas cidades e suas dinâmicas, tanto cotidianas quanto políticas. Sua escrita busca conectar essas diferentes áreas de interesse – as cidades, a literatura, as mulheres – como em “Do lado de dentro do mar”, seu romance de estreia.

Encontro com escritora italiana premiada

18/10/2019 14:27
O Núcleo de Estudos  Contemporâneos de Literatura Italiana (NECLIT) e Centro Ítalo-Brasileiro (CIB) convidam para o encontro com a premiada escritora italiana Donatella di Pientrantonio na sede do CIB para o lançamento da tradução de A Devolvida, sucesso de público e de crítica.

Considerado um dos grandes romances da Itália, onde vendeu mais de 250 mil exemplares, com direitos negociados para mais de 25 países, e adaptações no teatro e no cinema, a autora Donatella Di Pietrantonio traz uma história sensível e emocionante.

Aos 13 anos, uma garota é levada do lar abastado onde vive para uma casa estranha e com pessoas que dizem ser seus pais e irmãos.

Na pequena cidade italiana todos conhecem sua história: ela é a criança que os pais naturais, pobres e de família numerosa, “deram” a um parente que não podia ter filhos e que este a devolveu quando a menina frequentava o ensino médio, não por maldade, mas porque a vida pode ser mais complexa do que imaginamos e nos força a fazer escolhas dolorosas.

Ela era a devolvida. Sentia-se como uma estrangeira na nova casa e, desde então, a palavra “mãe” travara em sua garganta. Privada até de um adeus por aqueles que sempre acreditou serem seus pais, ela se vê incrédula ao enfrentar o sofrimento de ser abandonada novamente de forma repentina.

“Minha vida anterior me distinguiu, me isolou na nova família. Quando voltei, falava outra língua e não sabia mais a quem pertencia”.

Forçada a crescer para reintegrar-se ao seu núcleo original, ela vive uma sensação de subtração, de gente esvaziada de significado, e nos ensina em meio à dor como encontrar sentido quando tudo parece desmoronar.

A AUTORA: Donatella Di Pietrantonio nasceu e vive na Itália, na região de Abruzzo. Formou-se em Odontologia e, só mais tarde, descobriu a literatura como vocação. Os trabalhos da autora colecionam prêmios por todo o mundo e seus livros já foram traduzidos para diversos idiomas. É vencedora do prêmio Campielo e do prêmio Napoli.

Data: 28/10/2019

Local: Centro Ítalo-Brasileiro – CIC Praça XV, centro, Florianópolis

Telefone: (48) 3223-2352

 

Parabéns, professorxs

15/10/2019 15:58

O Programa de Pós-graduação em Literatura parabeniza todes docentes e futures docentes pela sua data comemorativa. O ensino tem um quê de profissão heroica por vários motivos. Destacamos esta: fazemos o melhor para uma transformação futura, quase nunca percebida de imediato, em sua concretude. Trabalhamos com a aposta do vir a ser, não podendo acompanhar muito de perto os resultados da construção intelectual e discursiva. Mas quando a transformação nos alcança, nos dá notícias, por certo é algo que nos toca e nos dá outro respiro para persistir nessa experiência incerta e abstrata.

Parabéns a todes.

Ofício da coordenação sobre a greve estudantil

02/10/2019 15:10

Ofício n.º 11/2019/PPGLit

Florianópolis, 1 de outubro de 2019.

Aos Discentes
Aos Docentes

Do Programa de Pós-graduação em Literatura
Assunto: Determinações do PPGLit para o período greve estudantil e o momento imediatamente posterior à suspensão da greve

 

Prezados discentes e docentes,

 

  1.      Em consideração ao atual cenário de greve estudantil, a coordenação do Programa de Pós-graduação em Literatura, no uso de suas atribuições, descreve neste documento algumas orientações ao corpo docente e discente desta instituição.
  2.      Entendemos que o período é de excepcionalidade judicial e nós da coordenação ainda não dispomos de instrumentos legais para gerenciar efetivamente os efeitos da greve estudantil. É bem sabido que os órgãos que nos regulamentam mais diretamente – Direção de Centro, Câmara da Pós-graduação, Conselho Universitário, Reitoria – ainda não emitiram instruções oficiais acerca do calendário letivo do segundo semestre de 2019. Na última reunião do Conselho Universitário, em 30 de setembro, foram apresentadas propostas de minuta que estão para definir medidas administrativas capazes de regulamentar o tratamento geral frente a este quadro de luta política pela educação.
  3.      Lembramos que em 19 de setembro, como deliberação do colegiado pleno do programa, emitimos uma nota com orientações aos docentes na qual constam as seguintes diretrizes, reforçadas aqui novamente: garantir a manutenção do calendário do processo seletivo para Mestrado e Doutorado 2020; orientar os docentes a flexibilizarem a aplicação de avaliações, a exigência de presenças, a marcação de defesas; orientar os docentes a proporem aulas abertas, rodas de conversa ou outras atividades similares para a programação de greve dinâmica dos discentes.
  4.      Respondendo ao requerimento da Representação Discente, Chapa Kamiquase, de 27 de setembro, e reformulando a nota anterior com outros acréscimos, gostaríamos de esclarecer que, dentro dos limites legais que possuímos, sem ferir os prazos regimentais impostos por agências de fomento ou instituições internacionais de ensino superior, procuraremos: readequar o calendário letivo e os prazos para entrega das atividades avaliativas das disciplinas ofertadas em 2019-2; garantir aos estudantes estrangeiros que recebam notas das disciplinas cursadas respeitando os prazos exigidos pelas instituições de origem; julgar a pertinência dos pedidos de prorrogação de exames de qualificação e de defesas de dissertação e tese, com especial atenção às justificativas balizadas pelo contexto de greve; readequar os prazos para entrega de relatórios de bolsistas – como reavaliar as exigências mínimas de produtividade para o período 2019-2 – considerando o período de duração da greve estudantil.
  5.      Para continuar a luta ativa e efetiva, gostaríamos de solicitar que o corpo discente e docente colaborasse com nosso trabalho de alimentação da plataforma Sucupira, mantendo o currículo Lattes atualizado, sobretudo no que se refere à produção bibliográfica. Fazemos essa recomendação para não afetar a avaliação futura do programa e, consequentemente, as bolsas, auxílios e recursos PROAP destinados ao PPGLit.

Cordialmente,

Prof. Dr. Marcio Markendorf
Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Literatura

Profª Dr.ª Izabela Drozdowska-Broering
Subcoordenadora do Programa de Pós-Graduação em Literatura

 

Documento original: Oficio 11 – Docentes e Discentes do PPGLit