AUCTORITAS: CORPO SEXUADO E ESPECTROPOLÍTICA NA METAFÍSICA OCIDENTAL

16/11/2017 14:32

O Programa de Pós-Graduação em Literatura da Universidade Federal de Santa Catarina convida para a palestra

AUCTORITAS: CORPO SEXUADO E ESPECTROPOLÍTICA NA METAFÍSICA OCIDENTAL
de Fabián Ludueña Romandini que acontecerá no dia 21 de novembro, terça-feira, no Auditório do CED, campus da UFSC.
Entre os arcana imperii por meio dos quais a tradição ocidental pensou a natureza do poder, encontra-se a noção romana de auctoritas, que permeia não só uma construção
jurídico-política milenar, mas também diversas disciplinas em que a autoridade e a “função-autor” desempenharam papel determinante (desde a literatura até a filosofia
passando pelas ciências). É possível reconduzir o problema da autoridade filológica e o da autoridade política a uma genealogia comum? Esta pergunta só se torna plenamente
possível nos dias de hoje, quando a noção de autoridade perdeu toda pregnância. Uma genealogia da autoridade só pode ser realizada sob a condição de rever suas origens, no
raiar do pensamento filosófico grego, bem como suas mutações na Modernidade (desde Rousseau até Foucault). O percurso nos levará, enfim, a uma nova pregunta: é possível pensar, então, uma nova metafísica à altura dos desafios que apresentam as mudanças
da época, hoje em curso, e onde estão implicadas tanto as metamorfoses dos corpos sexuados no século XXI, quanto o próprio destino da Universidade como forma de
transmissão autorizada dos saberes humanísticos?
Fabián Ludueña Romandini é doutor pela École des Hautes Études en Sciences Sociales de Paris. É pesquisador do CONICET (Consejo Nacional de Investigaciones
Científicas y Técnicas da Argentina). É professor de Filosofia na Faculdade de Ciências Sociais da Universidade de Buenos Aires. Ultimos livros publicados: Principios de
Espectrología. La comunidad de los espectros II (2016) e La ascensión de Atlas. Glosas sobre Aby Warburg (2017).

07/11/2017 17:29

O Núcleo de Estudos Literários & Culturais, o Programa de Pós-graduação em Literatura da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)  em conjunto com o Museu Victor Meirelles e apoio da Secretaria de Cultura e Arte daUFSC convidam para a exposição “Poesia, memória e arquivo: Carlos Drummond de Andrade”

A exposição permanece aberta até o dia 18 de novembro, e comemora os 115 anos de nascimento de Carlos Drummond de Andrade, com raro material colecionado por estudiosos de sua obra.

Para o encerramento está programado a exibição do documentário O amor natural (Holanda, 1996), e sarau de poesia a partir do livro homônimo de Carlos Drummond de Andrade.

A exposição ocorre na atual sede do museu Victor Meirelles: Rua Rafael Bandeira, n.41, Centro, próximo ao shopping Beira Mar.

Demais informações no site: http://eventodrummond.blogspot.com.br/

07/11/2017 17:01

La actividad es organizada por el Centro Interdisciplinario de Literatura Hispanoamericana (CILHA), el Instituto de Literaturas Modernas (ILM) y la Secretaría de Extensión Universitaria de la Facultad.

El brasileño Graciliano Ramos, el uruguayo Juan Carlos Onetti y el argentino Antonio Di Benedetto compartieron no sólo la condición de escritores, también la de periodistas y la de prisioneros políticos durante regímenes autoritarios en sus países. El curso pretende ofrecer un panorama del cruce de escrituras y de destinos y rastrear una posible arqueología literaria en la letra que cada uno destinó a las rotativas.

La actividad, a cargo de la Dra. Liliana Reales, tiene como objetivo ofrecer una mirada panorámica sobre la obra periodística de tres escritores latinoamericanos en la que es posible rastrear importantes relaciones con sus textos literarios. Del mismo modo, pretendemos una reflexión sobre el papel del periodista y escritor durante regímenes autoritarios en tres países de América latina y durante diferentes momentos del siglo XX.

La actividad está destinada a estudiantes de grado y posgrado de las carreras de Letras, Periodismo y Comunicación Social. Las Inscripciones son en línea: http://ffyl.uncuyo.edu.ar/inscripcion-on-line

Atendimento ao Usuário entre os dias 16.10.2017 e 06.11.2017

09/10/2017 19:00

Tendo em vista as férias do único técnico admistrativo do PPGLit, que se inicia a partir da próxima 2ª feira, dia 16 de outubro, com retorno no dia 06 de novembro, uma 2ª feira, a Secretaria Administrativa do programa ficará sem atendimento ao público. Demandas em caráter de urgência serão atendidas pela Coordenadoria do programa, e deverão ser encaminhadas ao e-mail coordenacaoppglitufsc@gmail.com

VI Seminário dos Estudantes da Pós-Graduação em Literatura da UFSC “Crítica e Pesquisa em Tempos de Golpe”

09/10/2017 12:54

A Representação Discente Contragolpe convida toda a comunidade discente a participar do V Seminário dos Estudantes da Pós-Graduação em Literatura da UFSC, sob o tema “Crítica e Pesquisa em Tempos de Golpe” a ocorrer entre os dias 10 e 11 de outubro de 2017.

As crises de Estado (de representação, legitimação e autoridade) e as séries de insurgências anticapitalistas e antiestado no mundo afora têm colocado novas questões para a crítica literária. Entendendo literatura como uma forma de pensar o impossível, o impossível derridiano, que nos leva a pensar mundos possíveis, num ordenamento discursivo no qual se expressa a correlação social duma época, perguntamos/convidamos a todos a pensar como a suas pesquisas resistem ao poder, ao avanço do neo-liberalismo.

Já em 1994 Derrida alertava para a incontornabilidade de um certo espírito do marxismo, de que Fukuyama estava equivocado em dar vitória à história corrente. Hoje, como se fosse ontem, como vai ser amanhã, perguntamos, como nossos trabalhos se põem ante esse avanço? Como resistir a partir da literatura? Associados com os protestos e as crises, surgiram todo tipo de fantasmas, os de sempre, recauchutados, sejam à esquerda, sejam à direita, alguns que parecem novos, o anarquismo romântico, o abandono thoureaunenao, seitas ecológicas etc., etc.

Os objetivos deste seminário são: promover uma reflexão crítica sobre as condições objetivas e subjetivas desse processo de crise na América Latina; pensar como as nossas pesquisas resistem ao poder; resistir aos que tentam impor a ideia dum movimento retilíneo/uniforme da história; resistir à legitimação do autoritarismo na linguagem, porque como Simón Rodriguez falou: o império precisa da língua.

Por isso, é preciso resistir aos discursos redutores; agir dentro de um espaço que a crítica faz possível para abordar o impossível da apreensão do mundo na linguagem. Estar na linha de fogo, pensando/propondo novas formas de ver, de sentir, de fazer, de assumir a coragem de se posicionar, de ter a coragem de assumir com seguridade nossas incertezas, sem impor um sentido do mundo, mas sem permitir que nos seja imposta a direção neoliberal das nossas vidas.

A temática do V Seminário dos Estudantes de 2016 foi “Mídia, Mediação e Estado de Exceção”, é por isso que decidimos dar continuidade à discussão. E foi considerando que vivemos as exceções às normas inclusive no Judiciário, podendo condenar pessoas sem provas, que a representação discente decidiu que não vai exigir, a quem quiser participar do seminário, apresentar trabalhos no formato acadêmico tradicional nem respeitar a temática proposta.

Acesse programação completa.

Acesse o site do evento, confira e inscreva-se: https://chapacontragolpe.wixsite.com/viseminarioppglit

LUTO

02/10/2017 19:32

Prezados e prezadas,

Tendo em vista o acontecimento lamentável ocorrido na manhã desta 2ª feira com o Magnífico Reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier de Olivo, encaminho o Memorando Circular nº 20/2017/GR, e informo que está decretado o luto oficial de três dias (restante da segunda-feira mais os dias de terça-feira, quarta-feira e quinta-feira).

Os recursos aos indeferimentos das inscrições para o Processo Seletivo 2018 serão apurados após o retorno das atividades e publicados na próxima 6ª feira, dia 06 de outubro de 2017.

Memorando-Circular-nº-20.2017.GR_